Implementação do MedioTec no Colégio Estadual Edilson Freire

banner_mediotec

             A SEC-BA em parceria com município pretende implantar o MedioTec no Colégio Estadual Edílson Freire, em Maracás. Inicialmente com curso na área natural: Técnico em Agroecologia. O público alvo está restrito aos estudantes do 2º ano do ensino médio que estejam na faixa etária de 15 a 19 anos. Esteve em visita ao Colégio nesta quinta-feira uma equipe da SEC-BA coordenada pelo Sr. Vlamir Landim (Acessor especial do gab. do secretário da Educação Walter Pinheiro). Acompanharam também o Sr. Wilson Novaes (Soia) prefeito municipal, os vereadores Dinha, Jó de Felício e Juarez do torno. Em sua fala, o gestor municipal justificou o seu empenho em trazer pra Maracás esta modalidade de curso ao tempo em que disponibilizou a estrutura do município para viabilizar o desenvolvimento pleno das ações propostas pelo programa federal MedioTec.

           Os estudantes selecionados por sistema eletrônico dentro dos critérios estudarão em turno oposto, durante três semestres e ainda receberão auxilio financeiro de até trezentos reais por mês com objetivo de subsidiar lanche e transporte. Por fim, o diretor José Carlos Gomes agradeceu a visita da equipe e congratulou a todos em nome dos professores, estudantes e funcionários de um modo em geral mencionando a alegria de ter no CEEF mais um curso que tem como objetivo qualificar o estudante para o enfrentamento e desafios da economia regional e local.

Fonte: Alexsandra Souza

Estudantes de Elísio Medrado promovem Bazar Solidário neste sábado para ajudar pessoas carentes da cidade

18870030_1410585559020295_1492300106_o

A comunidade escolar do Colégio Estadual Democrático Professor Rômulo Galvão, localizado na cidade de Elísio Medrado (224 km de Salvador), no Centro Norte do Estado, realiza, nesta sábado (3), a partir das 9h, o “10º Bazar Solidário”. Trata-se de uma ação beneficente para atender famílias carentes da cidade, que é organizado pelos líderes de classe da unidade escolar como forma de exercitar a solidariedade e a cidadania.

Para a realização do Bazar, os estudantes contaram com a solidariedade da comunidade na doação de agasalhos, roupas, sapatos, cobertores e acessórios. “O bazar do Rômulo Galvão já virou uma tradição. É um movimento para despertar o sentimento da cidadania e a solidariedade, que é feito pelos estudantes durante o período de frio que a cidade passa nessa época do ano. Nós gestores, professores e funcionários da unidade fazemos um trabalho de sensibilização, mas o protagonismo é todo deles” explica o diretor Ivan de Jesus.

A líder de classe Dandara Isnaia Ferreira dos Santos, 18, 3º ano, faz parte da organização do evento e fala da alegria em participar da atividade. “É muito gratificante fazer um gesto nobre. Além de estarmos ajudando  a quem precisa, estamos crescendo como seres humanos. Estamos alcançando nosso objetivo que é o de minimizar o frio de alguns e, também, de despertar nos moradores da cidade o sentimento de solidariedade”, acredita.

 18870177_1410585575686960_775245458_o

Já Matheus Patury Ramos Araújo, 15, 1º ano, participa, pela primeira vez, como organizador do bazar e fala sobre a sua realização pessoal.  “Como eu estudava em outra unidade, eu acompanhava o bazar junto com minha família ajudando nas doações. Estou muito feliz de estar na organização agora e de poder ajudar o próximo. A população da cidade também está de parabéns, pois colaborou e doou muita coisa”, comemora.

Fotos: Divulgação

- ASCOM

Começa a coleta de dados para o Censo Escolar da Educação Básica

Inicio das Aulas no Colegio David Mendes em 2017 076 

Começa, nesta quarta-feira (31), o Censo Escolar da Educação Básica e a Secretaria da Educação do Estado orienta para que os gestores das escola estaduais atualizem as informações dos estudantes e das unidades escolares no Sistema de Gestão Escolar (SGE). Os dados informados serão migrados para o Sistema Educacenso, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

Os dados coletados pelo Censo Escolar servem de base para a formulação de políticas públicas e para a distribuição de recursos públicos como alimentação e transporte escolar, distribuição de livros e uniformes, implantação de bibliotecas, instalação de energia elétrica, Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), entre outros. Os dados também são utilizados no cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), por outros ministérios como Saúde e Esportes e por organismos internacionais como a UNESCO e o UNICEF.

A superintendente de Gestão da Informação Educacional do Estado, Cristiane Soares Ferreira, diz que esta atualização é imprescindível. “É essencial que os dados coletados sejam fidedignos para que a gente tenha a geração de políticas públicas de Educação adequadas para o nosso Estado. Além disso, esses dados são pré-requisito para as provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB)”, destaca.

Treinamentos – Para respaldar a ação junto aos gestores escolares, a Secretaria da Educação do Estado realizará, a partir desta segunda-feira (5), treinamentos para técnicos dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) e de secretarias municipais de Educação, para a execução do censo nos municípios baianos. A primeira capacitação será no NTE 26, que envolve Salvador e Região Metropolitana. Neste caso, os técnicos preencherão os dados no Sistema Educacenso disponíveis no link: http://educasenso.inep.gov.br.

O Censo é realizado anualmente em regime de colaboração entre o INEP e as secretarias estaduais e municipais da Educação, em caráter declaratório e mediante coleta de dados descentralizados. A ação engloba todos os estabelecimentos públicos e privados de educação básica, onde são coletadas informações dos estudantes, turmas, escolas e profissionais da educação como unidades de informação principal.

Confira aqui o calendário de treinamentos no Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br

Fotos: Claudionor Junior – Ilustração

Últimos dias de inscrição para a 7ª Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia

Terminam, nesta quarta-feira (31), as inscrições para a 7ª Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (FECIBA). A feira é promovida pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia para estimular o estudo das Ciências em sala de aula. Para se inscrever, gestores, professores e coordenadores pedagógicos da rede estadual deverão aderir ao evento, que será realizado em 2018.
“A FECIBA é uma das iniciativas, por meio da qual, estamos estimulando os nossos estudantes no estudo das Ciências e no interesse pela pesquisa científica, fazendo com que despertem para suas vocações e revelem suas capacidades criativas. É, sobretudo, um momento em que os alunos apresentam o resultado dos projetos desenvolvidos em sala de aula, orientados pelos professores, que têm relação com os lugares onde eles vivem e que, geralmente, apresentam soluções para problemas vivenciados pelas suas comunidades”, destaca o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.
Uma das novidades para a 7ª FECIBA é a premiação com Bolsa de Iniciação Científica Junior do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para os 22 primeiros colocados. Uma das etapas da FECIBA é a realização das Feiras Escolares de Ciências, Matemática e Empreendedorismo, que deverão ocorrer de 1º de agosto e 30 de setembro deste ano. Todos os estudantes poderão participar das feiras escolares independente da série, mas só os projetos dos estudantes do Ensino Fundamental e até o 2º ano do Ensino Médio poderão ser submetidos à FECIBA, tendo em vista que a 7ª edição será realizada no próximo ano letivo.
Na 7ª FECIBA, a modalidade Empreendedorismo também será ampliada, segundo destaca a coordenadora do Programa Ciência na Escola, da Secretaria da Educação do Estado, Shirley Costa. “Com isto, teremos a perspectiva do envolvimento da construção de conhecimentos, a partir dos aspectos econômicos das regiões onde as escolas estão inseridas. A nossa expectativa é que, com isto, iremos atrair muitos novos projetos voltados ao Empreendedorismo”, afirma.
Para isto, a Secretaria da Educação está fazendo parcerias com instituições que trabalham com o Empreendedorismo na Educação, como é o caso do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), para a realização de oficinas e palestras sobre o tema no próprio SEBRAE e durante a 6ª FECIBA, que acontece no segundo semestre deste ano.

Estado promove mais de 1.600 professores e coordenadores pedagógicos por titulação acadêmica  

866e4535-0283-4c97-a28f-8fdda135cfbe

Como parte da política de valorização dos profissionais da Educação, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia divulgou, nesta quinta-feira (25), a progressão funcional por avanço vertical para 1.635 professores e coordenadores pedagógicos dos Ensinos Fundamental e Médio, da carreira do magistério estadual. A ação é resultado de cursos de pós-graduação realizados pelos educadores, sendo 1.189 por especialização, 404 por mestrado e 42 por conclusão de cursos de doutorado. Estes educadores já receberão na folha de pagamento do mês de junho, retroativo a 1º de maio.

“A progressão funcional por avanço vertical traz um ganho salarial para os professores e coordenadores pedagógicos, mas, principalmente, deve resultar na qualidade da Educação, tendo em vista que estes profissionais desenvolvem pesquisas e ampliaram seus conhecimentos durante suas pós-graduações. Portanto, é mais um reconhecimento do Estado pelo aperfeiçoamento profissional dos educadores e, com isso, os estudantes também serão beneficiados”, afirma o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

A professora Emanuelle Santos de Carvalho Cardoso, do Colégio Estadual Inácio Tosta Filho, em Itabuna, região Sul da Bahia (436 km de Salvador) foi uma das beneficiadas com a progressão funcional. Lecionando há 10 anos, ela destaca a importância deste benefício para a sua carreira no magistério estadual. “A progressão representa, para mim, o reconhecimento do esforço, da dedicação e da determinação do professor, que sai da zona de conforto e busca ampliar seus conhecimentos para ter uma base mais sólida para lidar com os alunos, que, hoje, com acesso a tanta informação, trazem questionamentos que exigem mais desse professor. Para mim é uma dose a mais de incentivo para continuar me aperfeiçoando profissionalmente”, comemora.

Com esta progressão, um professor da rede estadual com carga horária de 40 horas, terá uma remuneração inicial de R$ 3.332,05, com mestrado de R$ 3.971,31 e com doutorado de R$ 4.725,86.

Foto da professora Emanuelle: Divulgação

Atenção estudante – Últimos dias para as inscrições no ENEM

Os estudantes têm até esta sexta-feira (19) para fazer a inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), cujas provas serão realizadas nos dias 5 e 12 de novembro. Durante toda a semana, professores e gestores das escolas estaduais estão auxiliando os estudantes no processo. Por meio da campanha ENEM 100%, da Secretaria da Educação do Estado, as escolas estão disponibilizando os laboratórios de informática, secretarias e outras salas com computadores e acesso à Internet para que os estudantes garantam suas inscrições para o exame.
Além de apoio para as inscrições, o ENEM 100% envolve várias ações articuladas, como a realização de aulões e simulados. Para auxiliar os estudantes na preparação para as provas a Secretaria da Educação do Estado disponibiliza também mais de quatro mil conteúdos digitais educacionais no Ambiente Educacional Web. São conteúdos de todas as disciplinas das áreas de conhecimento, inclusive videoaulas, e de todos os níveis de ensino, produzidos e/ou catalogados por educadores da Rede Anísio Teixeira.
Isenção
Os estudantes da 3ª série do Ensino Médio da rede estadual de ensino possuem isenção garantida na inscrição do ENEM. Para isto, eles devem informar, no ato da inscrição, o seu CPF e a data de nascimento. Com esses dados, o sistema identifica automaticamente quem são os alunos de escolas públicas e o valor, que seria de R$ 82, é liberado. A inscrição pode ser feira através do portal do Inep.
A rede estadual tem 125 mil alunos matriculados no 3º ano do Ensino Médio aptos a realizarem o ENEM.

CETEP do Vale do Jiquiriçá promove neste sábado oficinas temáticas na área de Saúde

Os estudantes do Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP) do Vale do Jiquiriçá, no município de Amargosa (a 240 km de Salvador), situado na região Centro-Sul Baiano, participam, neste sábado (13), das 7h30 às 12h, do IV Circuito Interdisciplinar da Saúde. Trata-se de uma das atividades dos chamados “sábados produtivos do CETEP”, que incluem oficinas e aulas de campo voltadas aos cursos técnicos dos eixos de Saúde, Ciências Agrárias e Gestão e Negócios.

 1703_CETEP - Vale do Jiquiriçá_sábado produtivo 6

Para este sábado estão programadas quatro oficinas: Mitos e verdades da alimentação; Sistema circulatório e sinais vitais; Microscopia e Conhecendo os componentes dos alimentos. Haverá, ainda, o minicurso Medicação parenteral. Estão aptos a participar estudantes dos cursos técnicos de Enfermagem e Análise Clínica, além dos alunos do 1º ano dos cursos técnicos em Agropecuária e Administração. A ação é uma oportunidade de os alunos exercitarem os conteúdos discutidos em sala de aula, tornando o aprendizado mais significativo e atraente através de atividades práticas

A vice-diretora pedagógica, Ivanise Diniz, explica que as oficinas e as aulas de reforço englobam o chamado Circuito Interdisciplinar, projeto que o CETEP do Vale do Jiquiriçá realiza com o objetivo de potencializar o processo de ensino e aprendizagem a partir da intensificação da prática pedagógica dos conteúdos. O circuito de Saúde, no caso, tem o objetivo de promover o aprendizado, aliado à prática profissional das técnicas em Análise Clínica e Enfermagem.

“A proposta é trazer reforço, por meio das oficinas, para melhor capacitar os nossos técnicos para o mercado de trabalho. Conciliar teoria e prática é sempre motivante para eles. Com isso, os sábados letivos se tornam mais pedagogicamente significativos”, ressalta explica a vice-diretora pedagógica Ivanise Diniz.

Envolvimento estudantil – Os estudantes Caíque da Silva, 23 anos, e Nilzete Moura, 17 anos, ambos do curso técnico em Agropecuária, estão entusiasmados com as oficinas oferecidas pelo CETEP. Caíque já participou de pelo menos três, entre as quais a de ‘Produção de Pizza’ e a de ‘Controle da fumagina em citrus’. “É muito interessante a gente aprender que podemos controlar a praga sem o uso de agrotóxico”, afirma Caíque ao destacar a importância desta ação que tem com o trabalho como princípio educativo.

 1703_CETEP - Vale do Jiquiriçá_sábado produtivo 11

Provas para o processo seletivo da Educação acontecem domingo

Simulado Enem no Colégio Estadual Ruben Dário - Foto Suâmi Dias (37)

Já estão disponíveis os cartões de inscrição com os locais de provas para os candidatos que irão fazer, neste domingo (7), o Processo Seletivo Simplificado promovido pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia. O processo visa a contratação, por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), de professores e profissionais da Educação. Os cartões de inscrição estão disponíveis no site: www.ibrae.com.br

As provas serão aplicadas no turno matutino, das 8h às 12h, para as funções de professor da Educação Profissional, preceptor de estágio Enfermagem, técnico de Atendimento Educacional Especializado, tradutor/Interprete de Libras, cuidador educacional, braillista, instrutor de Libras, professor, por segmento da Educação e o do técnico de nível médio/mediador. No turno vespertino, das 14h às 18h, serão realizadas as provas para professor da Educação Básica, da Educação Básica no Campo e Professor Indígena.

Vagas – A seleção visa a contratação de 2.483 professores da Educação Básica, Educação no Campo e mais 215 vagas para professor Indígena. O processo seletivo também envolve 961 vagas para a função de técnico de nível médio/mediador para o Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (Emitec).

São ofertadas, ainda, 519 vagas destinadas a professores da Educação Profissional e Tecnológica e 211 vagas iniciais para professor substituto da Educação Básica. São mais 157 vagas para preceptor de estágio de Enfermagem das unidades da Educação Profissional e Tecnológica e mais 655 vagas da Educação Especial, destinadas a técnicos de atendimento educacional especializado, tradutor/intérprete de Libras, cuidador educacional, braillista e instrutor de Libras.

Foto: Ilustração

Caminhada Agroecológica do Colégio Estadual Edivaldo Boaventura em Brejões

Foi realizada uma caminhada agroecológica com aula de campo organizada pelo professor Oziel Trindade, pelas bolsistas do Programa Pibid Diversidade da UFRB e com o apoio total da gestão do CEEB. Contou também com a participação e apoio da professora Maria Fernanda Marques. A atividade envolveu os alunos de duas turmas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do CEEB – Km 100 e teve apoio maciço dos moradores de uma comunidade rural no município e contou com a parceria da Secretaria Municipal de Educação do Município de Brejões.

A caminhada agroecológica foi realizada na comunidade rural do Mamão do mato nas proximidades do Recreio dos Viajantes em Brejões (Comunidade de José de Deus e Mariana de Deus). A programação incluiu também uma atividade cultural que visou resgatar a cultura das trovas e chulas associadas às rezas típicas de um sincretismo religioso forte nesta comunidade. Para receber os alunos e toda a comunidade do Mamão do Mato, foi organizada uma grande feijoada que foi degustada entre os participantes da atividade entre diálogos, reflexões, risos e muita descontração.

Uma caminhada agroecológica constitui uma atividade prática de campo que pode atuar como uma excelente estratégia didática para geração de conhecimento. Representa, uma atividade educativa e recreativa, que envolve a incorporação de princípios do ecologismo traduzidos na prática de Educação Ambiental de vertente emancipatória; na adoção de critérios de atenuação de impactos socioambientais; e na difusão em linguagem acessível de conhecimentos multidisciplinares ou interdisciplinares sobre os locais visitados, utilizando, para isso, a orientação de profissionais qualificados. Além disso, constitui uma ferramenta para resgatar a necessidade de adoção de modelos sustentáveis de produção agropastoril e de utilização racional dos recursos naturais.

A atividade teve natureza didática, instrutiva, educativa e recreativa e demonstrou mais uma vez a potencialidade de atividades práticas como uma ferramenta extremamente eficiente na formação do aluno, seja ela pelos conteúdos tratados em campo nas andanças pelas trilhas da Caatinga ou pelas experiências que resgatam valores humanos e sensação de pertencimento. Houve o reconhecimento dos alunos a difícil vida dos moradores sertanejos rurais que conseguem preservar a alegria mesmo vivendo em locais com condições tão adversas.

Confira na íntegra: http://ceedivaldoboaventura.blogspot.com.br/2017/03/caminhada-ecologica-do-ceeb.html?spref=fb

Fonte: Dirceu Assis

Alunos do Colégio Estadual Aldemiro Vilas Boas concorrem ao Prêmio Votação Popular na FEBRACE

           1980 (1)

                 Os alunos Leandro Andrade Santos e Aisline dos Santos do Colégio Estadual Aldemiro Vilas Boas, de  São Miguel das Matas, desenvolveram um belo trabalho sobre O uso de agrotóxicos na agricultura familiar miguelense (São Miguel das Matas – BA): uma relação entre PIBIC e escola, na orientação dos professores Alaécio Moura Peixoto de Jesus e Floricéa Magalhães Araújo, uma pesquisa via PIBIC-EM em parceria com a UFRB/FAPESP/CNPQ e com o grupo de Ciência, Tecnologia e Ensino de Química (CITEQ), diante da avaliação dos produtos apresentados a escola foi selecionada pela Secretaria do Estado da Bahia para participar da 15ª FEBRACE.

                Até o dia 23 de março de 2017 o projeto estará concorrendo ao  Prêmio Votação Popular na FEBRACE 2017.

                    Para votar clique no link  e deixe o seu like:   http://febrace.org.br/virtual/2017/AGR/114/